Artigos

Publicado em 27 de novembro, 2020 | por Centro Paz e Amor

0

Dever Moral

Interessante pensar na palavra Dever. Sua própria definição indica: obrigado a ou algo que é necessário ser feito.  Ela significa obrigação moral, diante de si mesmo e perante outras pessoas. Lei da vida, pois que tudo se movimenta diante dos deveres que se iniciam com o trabalho e se estende desde pequenos detalhes até os grandes compromissos que dignificam o cotidiano humano. O tema se torna ainda mais interessante quando alargamos o pensamento para entender que ele, o dever, é difícil de ser cumprido, porque normalmente se acha em antagonismo com as seduções do interesse e do coração. Sim, é tentador que as seduções do caminho, os interesses do coração e até mesmo acomodações se contraponham no cumprimento de obrigações elementares ou mais complexas. O assunto abre ainda outra imensa perspectiva, quando consideramos que ele fica entregue à liberdade individual. E essa liberdade pode disfarçar o cumprimento do dever, permanecendo omisso ou relapso, pode ocultar-se de testemunhas e não sofre repressões, pois que podem ser abafadas pela acomodação, ocultando inclusive as justificativas.

 

Felizmente a vigilância da consciência adverte-nos, mas permanece impotente quando a vontade dominadora da liberdade prevaleça – que muitas vezes se oculta na preguiça ou na acomodação e mesmo na frieza e na indiferença –, cega pelas paixões de variada origem. Usamos o “felizmente” na frase porque a advertência permanece, embora de mãos amarradas e mais cedo ou mais tarde determinará consequências, normalmente doloridas ou desdobrando-se em aflições.  E tais consequências é que nos corrigem no tempo para a consciência do dever…

 

Na verdade, já se sabe: o dever começa precisamente no ponto em que ameaçamos a felicidade ou a tranquilidade do próximo e termina no limite que não gostaríamos fosse ultrapassado em relação a nós mesmos. Então, isso abre gigantesco espaço na velha questão dos relacionamentos e seus desafiadores pontos de contato, onde surgem as lesões físicas ou morais, patrimoniais ou afetivas, individuais ou coletivas.

 

Por outro lado, ele, o dever, é também a bravura do ser diante das angústias imensas do dia-a-dia. Sim, temos o dever de levantar a cabeça e prosseguir, mesmo frente às adversidades naturais de nossa condição humana. Igualmente temos o dever da solidariedade, da coragem, da participação, da fraternidade, da flexibilidade, do trabalho, da retidão e, claro, a lista estende-se interminável. Claro! Nada mais justo. Quanto mais esclarecido o ser, quanto mais conquista consciência de si mesmo, amplia-se o próprio dever. Isso é muito bom, porque o crescimento intelecto-moral é medidor indicativo que leva ao cumprimento do dever.

 

Basta observar os grandes ícones da Humanidade, em todas – mas todas mesmo – as áreas do conhecimento e de atuação. Todos, conscientes, partem e decidem naturalmente pelo esforço no cumprimento dos deveres que vão tomando consciência. Felizmente, afinal, os irresponsáveis, desonestos, corruptos, violadores e lesadores da tranquilidade humana são seres ainda dormentes, anestesiados pela ilusão. Não despertaram ainda.   Por estas razões todas, a consciência do dever já é um grande indicativo de nossas conquistas morais. Parabéns ao leitor já consciente do próprio dever.  Ele, quando compreendido em toda sua extensão, valoriza e simplifica a vida.

 

Para bem entender tais reflexões sugiro ao leitor dirigir-se ao O Evangelho Segundo o Espiritismo, capitulo 17, item 7.

Compartilhar:



Deixe uma resposta

Voltar ao topo ↑
  • Aniversário Paz e Amor

  • Doe sua nota fiscal para o SEARA

    Atenção! Doe sua nota fiscal paulista para o SEARA.
    * * * * SANATÓRIO ESPÍRITA DE AMERICANA * * * *

    Informações: Manuel…
    Clique no link abaixo para ler o manual:

    Manual Nota Fiscal Paulista – SEARA

  • Frase do Mês

    Ame o seu próximo como a si mesmo.

    Jesus

  • Reuniões & Atendimentos

    Confira os horários das reuniões e atendimentos no Centro Espírita Paz e Amor: Clique aqui.

  • Últimas Atualizações

  • Acompanhe no Facebook

  • Arquivos por mês